Diario Missionário

COMO OFERTAR CORRETAMENTE PARA MISSÕES

vlog missõesCOMO OFERTAR CORRETAMENTE PARA MISSÕES – Vlog Missões #56

É muito comum ao visitar igrejas pelo nosso Brasil escutarmos aquela conversa: “Então pastor Peniel, você sabe que hoje tem muita gente dizendo ser missionário, mas só encontraram uma forma fácil de ganhar dinheiro“.  E sou obrigado a não discordar, pois qualquer um que se envolve em missões na área do apoio ao serviço missionário com facilidade encontrará gente sem nenhum amor por missões e só enxergam o serviço de missões como uma boa forma arrecadar recursos da igreja.

Amados, todo e qualquer serviço na Obra de Deus deve ter ordem. A desordem é um forte gerador de fraude. O apóstolo Paulo usa o capítulo 3 da segunda carta aos Tessalonicenses para falar sobre este assunto, e diz no versículo 7: “Porque vós mesmos sabeis como convém imitar-nos, pois que não nos houvemos desordenadamente entre vós” (2 Tessalonicenses 3:7)

O missionário deve produzir, deve servir ao Reino de Deus, a Igreja de Cristo, e não ao contrário. O missionário não deve ser pesado aos irmãos ajudando financeiramente nos gastos de manutenção e se caso ele não tenha outros participantes no trabalho que ele desenvolve ( Veja um vídeo onde falo de participação missionária CLIQUE AQUI) deve trabalhar para ajudar na despesa como fez o apóstolo Paulo (2 Tessalonicenses 3:8)

EXEMPLOS DE MINHA FAMÍLIA

Meu avô materno, saudoso pastor Francisco Nogueira, era pastor em pequenas igrejas no nordeste do Brasil. Era tempo difícil, o povo era povo e era difícil esperar algo deles. Lembro do meu avô contar que trabalhou limpando fossa ( poco sego) para levar o pão para casa. Meu pai hoje é missionário no Paraguai e agradecemos a Deus por está a frente de uma igreja que o mantêm. Mas, por muito tempo trabalhou com prótese, vendeu roupa e até vendeu banana quando pastoreava igrejas do nordeste para manter-se e fazer a Obra de Deus. Meu tio, o Dr Francisco Gamelim, vendia livros em frente das igrejas para obter recurso e enviar os folhetos e bíblias aos missionários.

Bem, eu poderia continuar contando de exemplos dentro de minha casa de homens e mulheres que trabalharam muito para ver a Obra de Deus em andamento. Deus tem trabalhado com cada um de forma diferente e no tempo dEle as portas foram abertas para terem maior recurso e poder fazer muito mais a Obra de Deus

MAS, EM QUEM INVESTIR?

Com certeza o assunto sobre  a correta conduta de um missionário no campo, assim como o relacionamento com os irmãos da igreja local é bem expansivo e teremos que tirar maior tempo posteriormente para tratar tais assunto.

No Vlog Missões de hoje, de forma ligeira, quero direcionar-me a você que ama missões e é um contribuinte à Obra Missionária. Ou você, secretário de missões, ou de um departamento de missões, que quer adotar um projeto, um trabalho de um missionário. Como não cair no erro de apoiar os falsos missionários? Ou, quem sabe, apoiar alguém que acredita ser um missionário, mas de fato não é?

Nosso desejo é trazer edificação e instrução da parte de Deus para que a Obra de Deus seja feita no mover do Espírito de Deus, de forma correta e eficaz.

Para assistir o vídeo clique aqui  –  https://youtu.be/g3La-WFnbN4

SOBRE OS PRÓXIMOS VÍDEOS 

Já estamos com vídeos gravados até janeiro de 2018 nos quais estaremos falando sobre testemunhos sobre nossa vinda a Bolívia, como foi os primeiros dias neste campo missionários e testemunhos de provisão financeira aqui no campo missionário.

Você sabe que estaremos de viagem neste período e realmente não sei se poderemos enviar os links por e-mails, as atualizações aqui no Blog, ou mesmo enviar os links via Whataap. Então, caso não seja inscrito, inscreva-se no canal e para receber os notificações dos novos vídeos você deverá ativar as notificações no Youtube ao inscrever-se ( CLIQUE AQUI PARA INSCREVER-SE)

Você acredita ser importante este vídeo? Se edificou sua vida e trouxe exclarecimento quanto ao serviço missionário, por favor, ajude-nos COMPARTILHANDO no whatapp, Facebook e outras redes sociais. Nosso principal alvo é edificar a igreja de Cristo

Um grande abraço a todos e que o SENHOR Jesus continue abençoando e prosperando vossas vidas

Pastor Peniel Nogueira Dourado

 

Anúncios
Categorias: Diario Missionário | Deixe um comentário

OS VLOGs NA COMUNICAÇÃO MISSIONÁRIA

OS VLOGS NA COMUNICAÇÃO MISSIONÁRIA – Dicas Missões

DICAS MISSÕES ( Comunicação Missionária ) – Você já ouviu falar em Vlog? Você já pensou em editar vlogs como um meio na comunicação missionária? Neste vídeo queremos falar da importância deste novo meio de comunicação

xxx**xxx**xxx

Lembramos a você, missionário, que nossos vídeos DICAS MISSÕES estão sendo postados nas quartas feiras, às 12:00 (BRA). Se você ainda não é inscrito no canal, inscreva-se ( CLIQUE E INSCREVA-SE), ative as notificações para receber os vídeos quando postados.

Nosso objetivo é inteiramente voltado a abençoar a igreja de Cristo com essas publicações. Você poderá somar forças conosco compartilhando por e-mail, em seu Facebook, whatapp e demais redes sociais. Contamos com sua ajuda.

Se você quiser assistir os demais vídeos sobre Comunicação Missionária é só clicar no link ao lado – CLIQUE AQUI

Para assistir o vídeo clique no link  –  https://youtu.be/FLJpEFO-7jE

 

 

 

 

 

 

Categorias: Comunicação Missionária, Diario Missionário | Tags: , , | Deixe um comentário

BÍBLIAS PARA BOLÍVIA – Novidades para 2017

BÍBLIAS PARA BOLÍVIA – NOVIDADES PARA 2017

Amado irmão, quero compartilhar algo maravilhoso que o SENHOR Jesus está fazendo aqui em Bolívia e está fazendo hoje mesmo!! Muitas vezes abrimos nossa boca e falamos que DO SENHOR É A OBRA, mas nada melhor que provar o mover de Deus neste sentido. E nós que estamos a frente de um projeto muitas vezes incompreendido, outras vezes menosprezado é muito importante ver a mão de Deus agindo ao nosso favor e em cada mover de Deus podemos dizer: DO SENHOR É A OBRA!!

Em 2013 e 2014 começamos a fazer contatos vários irmãos e igrejas para conseguirmos bíblias apoiar regiões carentes de Bolívia. Você que acompanha nosso projeto missionário, você sabe que nosso trabalho tem o foco de apoiar evangelistas e grupos evangelísticos com materiais evangelístico impresso e as bíblias não estavam tanto dentro do plano. Cremos que as bíblias são incluídas no segundo passo do serviço evangelístico, mais no discipulado em si e não tanto no serviço evangelístico passivo. Mas mediante os muitos pedidos de irmãos, missionários e evangelistas nos apresentando necessidades começamos a orar e fazer alguns contatos.

Bem, como resposta começamos a receber várias doações para comprarmos bíblias e apenas uma igreja de São Paulo, a Assembléia de Deus – Ministério Ribeirão Pires nos doou 400 bíblias. As bíblias foram enviadas à fronteira e posteriormente trouxemos para Santa Cruz de la Sierra. Nosso objetivo era apoiar igrejas do campo, da região rural, igrejas da região dos Andes e levar também para povoados da região andina de Bolívia e atender as pessoas que realmente não podem comprar e nem mesmo tem acesso.

Infelizmente tivemos muitos problemas na caminhada. Não havia o cumprimento do propósito por parte dos colaboradores, seja nacionais como missionários que “somaram forças” conosco no alvo. Em alguns casos as bíblias foram desviadas para outros fins ou distribuídas indiscriminadamente. Muitas vezes não tínhamos informações para onde eram levadas e como foram distribuídas. Foram poucos os missionários que nos trouxeram informes do trabalho feito. Assim, minha conclusão foi que os resultados foram desanimadores, desastrosos e tivemos poucos resultados no alvo que tínhamos a cumprir. Tomamos a decisão de suspender o projeto.

Realmente eu engavetei e não quis mais pensar nesse objetivo. Mas dias atrás, uma missionária novamente me falou sobre a necessidade de bíblias em quechua. Ela me falou de um povoado carente, do povo, falou que o povo só fala quechua e relatou a necessidade de bíblias em quechua. Eu falei para orar e vamos colocar diante do SENHOR. Realmente o pedido da missionária ficou no meu coração e estive pensando nesse povo que não tem acesso a bíblias em seu próprio idioma.

Bem, hoje pela manhã recebi uma mensagem de um pastor que viu nosso vídeo “Bíblias para Bolívia” ( link abaixo) e nos disse que queria nos ajudar a comprar algumas bíblias. Realmente fiquei alegre e veio ao meu coração um “reanimar” quanto ao objetivo de novamente lutar por bíblias. Mas a benção não parou na mensagem do pastor. Depois do almoço eu recebi uma ligação do Canadá e o irmão me perguntou se eu preciso de Bíblias. Uau! Em um dia, duas mensagens!!! Ele me disse que estão com o objetivo de enviar 1000 bíblias e existe a possibilidade de fazer a campanha anualmente.

Glória a Deus!! Amados, a Obra é do SENHOR. Deus é o maior interessado por Sua Obra!

O link do primeiro vídeo Bíblias para Bolívia eu deixo abaixo. Este foi editado em 2014 e foi o primeiro. Pensei ser o último, mas creio que foi apenas o primeiro.

Continue orando por nós

 

 

Categorias: Diario Missionário | Tags: , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O QUE VOCÊ GANHA COM ISSO?

Amados, estamos bastante animados com os resultados obtidos com os vídeos postados em nosso canal no Youtube e quero aproveitar algumas linhas para transmitir um pouco de nossa alegria aqui em nosso blog.

Como vocês sabe, temos nosso canal no youtube desde 2008 e era apenas para postar vídeos informativos. Muitas vezes em um período de um ano postei no máximo um vídeo e nada mais. Mas o SENHOR nos levou a utilizar esta ferramente de uma melhor forma, ferramente esta já muito usada no meio comercial, o mundo do entretenimento e muitas vezes para difundir princípios contrários a Palavra de Deus. O mundo para seus fins sabe muito bem aproveitar de tudo!

Eu tenho procurado no Youtube bons conteúdos sobre missões, sobre evangelismo no alvo de transmitir uma visão prática do trabalho e como sempre vejo a igreja bem tardia em agir. Assim foi com o rádio e a televisão. Primeiro se levanta muitas desculpas espirituais para não usar para só então acordarem e perceberem que estão perdendo tempo. Assim, encontrar um missionário falando de suas experiências, mostrando o campo de forma inteligente e que se possa influenciar outros a fazer missões ou animar ao serviço evangelístico é raro.

Em minha agonia cheguei de editar alguns vídeos falando sobre a comunicação missionária. Se você quiser dar uma olhada é só clicar no link ao lado  – https://goo.gl/py67WG

Quando a nós, Deus nos despertou a utilizar este boa ferramenta e estamos colhendo grandes resultados. E da mesma forma procuramos a animar outros missionários a exporem suas experiências, testemunhos e o que Deus os tem dado.

ALGO PARA COMEMORAR

Eu quero em primeiro lugar comemorar juntamente com você por alcançarmos o número de 200 pessoas que nos enviaram seu e-mails solicitando o recebimento de nossos informativos e links dos vídeos. Não estou falando de inscritos no canal, mas de pessoas solicitando receber os links dos vídeos e nossos informativos via e-mail.

Mas, porque tanta alegria? Bem, nós divulgamos nosso trabalho pelo Facebook, whatapp, blog, mas o meio pelo qual existe maior participação e retenção do conteúdo continua sendo o e-mail. Quem acompanha nosso trabalho pelos e-mails tem acesso a maiores informações, melhores detalhes do trabalho. Quem acompanha o trabalho missionário pelo e-mail são os que tem maior interesse pelo serviço missionário que desenvolvemos. Assim, resumindo, os que estão acompanhando nosso trabalho pelo e-mail são nossos amados irmãos que verdadeiramente se interessam pelo projeto. ( por favor, de forma alguma desprezamos os demais, apenas fazemos uma análise dos meios que utilizamos para transmitir as informações do projeto aos colaboradores e intercessores do projeto )

Caso você esteja lendo este post e queira também receber nosso e-mail é só nos enviar um e-mail a PASTORPENIEL@HOTMAIL.COM   e solicite participação. Vamos adicionar seu email a nossa lista.

QUAIS SÃO OS RESULTADOS OBTIDOS?

Para eu falar de resultado é preciso dizer como começamos o trabalho de divulgação. E normalmente quando se fala em divulgação é comum pensar no retorno financeiro. Não quero julgar quem faz, mas Deus nos deu algo diferente para que coloquemos nossos olhos e nosso coração.

Alguns anos trás, acredito quem em 2008, eu estava sentando à sobra de um abacateiro em nossa antiga Base de Apoio lendo minha bíblia e o Espírito de Deus fala ao meu coração: QUEM PODERÁ ANIMAR O MEU POVO QUANTO A MISSÕES E EVANGELISMO? Aquela Palavra foi muito forte ao meu coração. Eu não apenas refleti quanto a fazer algo, mas me conduzia a fazer algo. Então eu fui orar e o SENHOR novamente me fala: “Anima o meu povo, mas não olha para eles como se deles viesse a receber algo, pois o teu recurso eu enviarei de outro lado“.

Na época comecei utilizando meu Orkut postando fotos e falando de evangelismo e missões aqui em Bolívia. Depois veio o Facebook, posteriormente abrimos um blog e hoje usamos também o youtube. Atualmente tem um quadro de mantenedores levantados por Deus os quais apoiam este projeto “faça sol ou faça chuva”, como diz o ditado são os que enviam cada mês suas ofertas e nós prosseguimos no campo missionário fazendo a Obra do SENHOR Jesus. Louvamos ao SENHOR, pois não são mantenedores emocionais que passaram a nos ajudar porque viram uma bela e emotiva postagem, mas cada um tem sua história de como o SENHOR os levou a SER MISSIONÁRIOS juntamente conosco. E é justamente nisto que creio; são missionários conosco, pois se conseguimos continuar aqui é com a forças desses guerreiros e guerreiras de Cristo que estão ao nosso lado.

E se o resultado não é financeiro, então, o que é o resultado? Bem, recebi um e-mail de uma irmã do Brasil dizendo que desde que começou acompanhar nosso trabalho seu coração tem sido tocado a fazer algo. Formou um grupo de irmã, compraram literaturas e estão pregando nas praças, no hospital e clínicas das pequenas cidades. Outro irmão nos falou que sempre assistia nossos vídeos indo às feiras, aos mercados. Assim, começou a fazer este trabalho tão simples. Outros somaram forças e compraram uma caixa de som. Posteriormente receberam apoio da liderança da igreja e começaram a fazer campanhas evangelísticas. E um dia ele me escreveu dizendo que observando o trabalho através das postagens Deus tem impulsionado a fazer algo para o SENHOR Jesus.

Você quer saber mais? Sim, eu tenho muito mais para contar. Somente nos últimos 20 dias recebi seis mensagens impactantes de irmãos que estão mobilizando grupos em suas igrejas locais e para honra e glória do SENHOR esses irmãos nos reportaram dizendo que seus corações foram motivados assistindo os vídeos que temos postados. Temos recebido e-mails de irmãos mostrando folhetos que eles imprimiram, outros falando de suas atividades evangelísticas em suas próprias igrejas.

MAS, O QUE GANHO COM ISSO?

O que eu ganho? Em primeiro lugar, eu faço o que o meu Mestre me mandou fazer. E, sabe mais o que ganho? Bem, quando um servo do SENHOR motivado por uma postagem que fazemos movida pelo direcionar do Espírito de Deus levanta-se a realizar o trabalho que tem como resultados eternos que é o serviço evangelístico eu também tenho parte neste serviço. Sim, amado, pois de alguma forma semeei minha oferta participativa no coração daquele homem, daquela mulher de Deus. Assim, o resultado eterno que ele tiver eu também terei.

Não estou escrevendo este post para dar resposta a ninguém, mas aproveitar para comentar que já me falaram sobre isso. Alguém me perguntou: Mas, “o que você ganha com isso?”. E acrescentou: “Você sabe que hoje no Brasil é muito fácil usarem teu vídeos para arrecadar dinheiro”. Esse “irmão” queria convence-me a não postar mais nada pela possibilidade de eu ser roubado de alguma forma.

Pobre “irmão”, uma coisa é roubar-me a mim, mas outra coisa é roubar o SENHOR Jesus. Pois se eu deixar de transmitir à Igreja de Cristo o que o Espírito de Cristo tem me dado por acaso não estaria fazendo mal uso dos bens que o próprio Deus me tem dado? Sim, amado irmão, o que sei, o que tenho, tudo vem dEle e deve ser usado para ELE. Quanto aos ratos do celeiro o próprio Deus cuidará deles.

CURSO DE MISSÕES PRÁTICO

Eu visitar alguns cursos de missões e existe um preocupação de preencher o espaço com muitas informações e muitas deles não tão práticas. Assim, irmãos e irmãs animados por fazer missões são inundados com muitas teorias que até são necessárias, mas quem em muitos cursos falta o fator praticidade.

Assim criamos uma lista de vídeos (playlist) sob o título de Dicas ao Novo Missionário com vídeos dando instruções básicas para quem deseja ir ao campo missionário ( CLIQUE AQUI ). Também pensamos em dar algumas orientações para os que vão ao campo em caravana para um curto o médio período de tempo, assim editamos a playlist Caravana Missionária ( CLIQUE AQUI ). Outro tempo que pouco é falado e dado importância é a Comunicação Missionária. E por não ter uma boa comunicação muitos sofrem no campo e até marcam o fim dos projetos que são responsáveis – CLIQUE AQUI para ver os vídeos sobre Comunicação Missionária.

Conversando com missionários chegamos ao ponto da importância que tem uma boa Secretaria de Missões ao desenvolvimento do trabalho missionário. Colhemos dados de vários missionários, experiências diferentes, continentes diferentes e editamos seis vídeos, sendo um de agradecimento, sob o título de Dicas à Secretaria de Missões ( CLIQUE AQUI )

Pastor Peniel e Mina

Para nosso impacto recebemos respostas de irmãos agradecendo pelos vídeos os quais estão servindo para incrementar seus conhecimentos e ter uma visão prática quanto ao serviço missionário.

Quero finalizar animando você a se inscrever no canal e acompanhar cada vídeos postado. Também queremos ver sua participação dando sua opinião, fazendo perguntas. Isso é muito importante para que nós possamos formular novos vídeos. E, se possível, compartilhe com outros que amam o serviço missionário e evangelístico. Assim como você tem sido beneficiado outros também serão igualmente beneficiado.

Peniel Nogueira Dourado

 

 

 

 

 

 

.

Categorias: Diario Missionário | Tags: , , | Deixe um comentário

FAZENDO A DIFERENÇA

Pr Peniel e o irmão Rolando voltando do evangelismo

Hoje pela manhã recebi uma ligação de um irmão líder de uma fundação e ficamos por quase uma hora conversando sobre o serviço evangelístico. Havia ânimo no coração daquele servo do SENHOR Jesus e eu quando converso com gente assim fico muito animado também.

Depois liguei o meu computador e havia várias mensagens de irmãos de Bolívia solicitando materiais para o evangelismo, outros querendo sabe sobre atividades evangelística e etc. Também havia mensagens do Chile de evangelistas precisando de materiais para o trabalho e me escreveram procurando saber se existe possibilidade deles receberem materiais também no Chile. Para mim é um prazer poder atender tais solicitações. Assim, imediatamente comecei a fazer alguns contatos para atender nossos irmãos do Chile.

Depois do almoço fui a região central de Bolívia conversar com um pastor que precisa de material para um trabalho evangelístico que está organizando para o mês de julho deste ano. Assim, fui até o comércio onde ele trabalha para ver quais materiais ele precisa e a quantidade. No exato momento em que estava conversando com o dito pastor entra outro pastor que tem sua igreja na região periférica de Santa Cruz de la Sierra. Ele havia me ligado algumas vezes, mas não conseguiu contato. Eu até que retornei a ligação, mas o celular estava apagado. Assim, foi uma alegria sentar com aqueles homens de Deus e tratar do serviço evangelístico.

Peguei o ônibus e voltei para casa. Novamente liguei meu computador e checar alguns e-mails. Outros irmãos solicitavam materiais e etc. Sinceramente, eu tenho o mair prazer em fazer este trabalho. E o faço com tanto prazer que minha esposa sempre me diz que o serviço nunca acaba. Mina me diz o quão necessário é colocar um limite e organizar meu horário para fazer a Obra que não é minha, mas do próprio Deus. E Mina tem razão! As necessidades são muitas e o trabalho não acaba; e em nosso coração existe prazer em fazê-lo.

Mas, eu sentei e pensei nas muitas frases que eu recebo dizendo que não há obreiros, que ninguém trabalha e etc, etc e etc. Eu não tiro o mérito dessas frases, pois é a realidade, mas onde vou encontro homens ativos, guerreiros que oram, jejuam e evangelizam. Pastores ativos com suas congregações, evangelistas que estão sempre ativos, trabalhando, fazendo a Obra do SENHOR. Então, o quê está havendo?

Muitas vezes nos rodeamos de “ociosos do Reino” (se podemos assim denominar). Ou ao nosso redor, usufruindo de nossa companhia estão corações carregados com o mundo e o materialismo. E, de repente, somos assaltados por um sentimento de culpa que nos diz: “Você não está fazendo nada!”. Então, olhamos ao nosso redor e respondemos à nosso consciência: “Ninguém está fazendo nada!”.

Em primeiro lugar eu quero dizer que eu tenho a opção de eleger aqueles que vão sentar comigo, compartilhar de minhas conversas e usufruir de minha companhia. Eu tenho escolhido a não comungar com os “ociosos do Reino”. E em segundo lugar se realmente ninguém faz nada eu também tomo a decisão de fazer a diferença. E vou dizer uma coisa: Sempre quando estou preocupado com a massa ociosa que está dentro das igrejas é quando menos EU estou fazendo, é quando menos EU oro, é quando menos eu evangelizo.

Quando estamos como o profeta Ezequiel no meio do vale de ossos seguríssimos é quando o Espírito de Deus mais nos usa como luz no meio das trevas para fazer a diferença. E como luz de Deus neste mundo eu nunca me preocupo com as trevas; eu simplesmente brilho!

Assim, te animo. Levante-se e faça a diferença!!

Abaixo vou deixar um vídeo mostrando um pouquinho de nossa rotina no campo.

 

Categorias: Diario Missionário | Tags: , , | Deixe um comentário

O EVANGELHO CHEGANDO EM SILÊNCIO

Deborah Yuiko no mercado Siete Calles, Santa Cruz de la Sierra, Bolívia

EVANGELISMO EM SIETE CALLES 

Na foto ao lado temos minha filha Deborah durante o evangelismo na região do Mercado da Siete Calles. O mercado leva este nome porque literalmente sete ruas se encontra nesta região.

Começamos a entrar pelas calçadas, entrar nas lojas, abordar os vendedores nas bancas e fazer chegar a Palavra de Deus ao povo. Somos observados de longe pelos vendedores e quando nos aproximamos eles já estão esperando o seu livrinho. E nós estamos distribuindo o livreto que em espanhol leva o título de La Vida Asombrosa de Jesucristo. Quase todos recebem, olham e nos devolvem um sorriso em agradecimento.

Muitas vezes fizemos cultos ao ar livre, outras vezes pregamos com os megafones, caixa de som. Levar o evangelho geralmente fica associada ao som alto, caixas de sons potentes, megafones de longo alcance. Mas quase não pensamos na qualidade da mensagem que chega ao povo. Eu até editei vários vídeos falando sobre as muitas e boas razões de se usar a literatura no evangelismo as quais não quero explorar aqui, mas se você tiver interesse poderá assistir – clique aqui.

Mas nesse dia, 1 de abril de 2017, mais uma vez eu tive a oportunidade de ver a genuína Palavra, o verdadeiro Evangelho chegando ao povo. Mina e Deborah caminhavam à frente fazendo a distribuição e eu levava a mochila feia de livretos e Samuel sobre meus ombros. Mesmo com tanta carga eu podia observar as pessoas recebendo a Palavra de Deus. Muitas paravam suas conversas para levar o livreto e utras começavam a levar em voz alta.

Samuel dormingo…meu pequeno soldado descansando durante o trabalho

Eu gosto de observar esses detalhes. Muitas vezes eu oro a Deus para que o Espírito de Deus abra meus olhos para que eu possa ver o que ELE está vendo, porque tudo depende da visão, de como você vê. E se você sai às ruas para fazer a distribuição da Palavra de Deus escrita, mas em seu coração você distribui folheto acredito que distribuir 2 mil folhetos será o trabalho mais tedioso. Mas se você sai às ruas para distribuir A PALAVRA DE DEUS ESCRITA e compreende que a salvação de cada pessoa que estende a mão para receber um exemplar detende de crer no que está escrito toneladas não bastariam para o seu trabalho.

E quero finalizar com apenas uma situação que Deus me fez ver. Uma jovem vendia em sua banca no mercado Siete Calles. Mina passou e entregou o livreto. A jovem sentou, abriu o livreto e começou a ler. Ela ficou de cabeça baixa lendo, enquanto as pessoas caminhavam de um lado para outro aquele jovem lia. Ao lado uma senhora acomodava as roupas da banca, mas ela continuava lendo. Os ônibus passavam e apitavam e a jovem continuava lendo. Eu mesmo passei perto dela, olhei para o livreto que havíamos levado e continuamos andando distanciando da jovem. Ela lia, virava uma folha, outra e outra. Nós continuamos andando pela rua até perder de vista e aquela jovem continuava de cabeça baixa lendo o livreto contendo a Palavra de Deus escrita.

Sem ruído, sem sons, nenhuma voz, mas o EVANGELHO, puro e santo alcançava mais uma vida.

 

E disse-lhes: Ide por todo omundo, pregai o evangelho a toda criatura.Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. (Marcos 16:15,16)

Peniel Nogueira Dourado

 

 

 

Categorias: Diario Missionário | Deixe um comentário

Missão com adrenalina ou sem adrenalina?

Missão Bolívia VLOG MISSÕES

De Cochabamba a Santa Cruz pela antiga estrada

“Pastor Peniel, a missão é com adrenalina ou sem adrenalina?” Esta era a pergunta de um missionário que esteve conosco aqui em Bolívia e antes de uma viagem, ou uma atividade ele me abordava com esta pergunta. Na realidade, o que o missionário queria saber era se poderia haver imprevisto ou não. E eu respondia que seria uma missão com adrenalina os trabalhos que a possibilidade de imprevistos eram quase 100% e as missões “sobre controle” seriam as sem adrenalina. Mas quem pode garantir?

A questão não é garantir uma missão sem imprevisto, pois realmente não temos controle sobre as circunstâncias. Oramos, confiamos que o SENHOR está conosco, mas os momentos de adversidades eles vêm. O mais importante não é a ausência das adversidades, mas estar preparados para enfrentar as adversidades quando presentes.

SITUAÇÕES INESPERADAS

Iniciamos o trabalho de trazer materiais para Bolívia em 2007. Muitas vezes tivemos que trazer de São Paulo, pois tínhamos dificuldades em receber aqui em Bolívia. Em uma ocasião tivemos que viajar até a cidade de Ribeirão Pires, carregar um Gol com literatura e levar à cidade de Santos, SP e, só assim trazer a Bolívia. Tínhamos muitas barreiras, haviam muitas dificuldades. E não pense que tínhamos dinheiro sobrando, pois contávamos os recursos para pagar gasolina e os pedágios.

Mas durante a viagem a São Paulo eu dirigia o carro, enquanto meu cunhado, pastor Ebenezer, descansava no banco do passageiro. De repente o motor parou e eu não pude fazer mais nada a não ser encostar o carro. A bomba de água falhou não refrigerando o motor e gerando uma série de problemas. De uma viagem tranquilo, agradável, tomando tereré, nós agora estávamos empurrando o carro enquanto minha irmã Rebeca conduzia o veículo à beira do asfalto. Dormimos uma noite na borracharia de um posto de gasolina ( ou tentamos dormir, pois a cada dez minutos chegava um caminhão pra arrumar alguma coisa), nossa alimentação era bolachas com refrigerante. Nossa missão agora estava repleta de adrenalina. Tudo era “com muita emoção”.

Abaixo vou deixar um vídeos editamos anos atrás onde eu mostro um pouco esta missão com “muita adrenalina”

.

ADRENALINA NAS PARALISAÇÕES

Eu tenho alguns vídeos mostrando situações difíceis nos bloqueios políticos em Bolívia. Acredito que o primeiro bloqueio que enfrentamos e, posso assim dizer sem dúvida, um dos piores, foi o bloqueio dos professores em Sucre. Eu estava com dengue (acreditava ser apenas uma gripe, mas era dengue) e arrastava um carrinho com várias caixas com literatura sem falar em minha mochila. Desta viagem não tenho vídeos, mas nunca vou esquecer da viagem feita a Potosí e ficamos bloqueados em Sucre.

Para passar o bloqueio tivemos que andar vários quilômetros com os materiais, a questão da altura sufocava a todos nós e, no meu caso, eu me queimava em febre com dengue. Só Jesus para nos dar vitória. Mas louvamos ao SENHOR por cumprir a missão.

Bloqueio em Cochabamba

O segundo pior bloqueio foi na cidade de Cochabmaba e mais uma vez estávamos com várias caixas com literatura, nossas mochilas e megafone. Esta fui a última viagem que levei os materiais comigo. Agora enviamos os materiais aos irmãos da cidade onde vamos trabalhar e levamos apenas o necessário à viagem.

Mas, chegando em Cochabamba às 4:00 horas da manhã e fazia muito frio. O ônibus parou e o motorista nos disse que havia bloqueio. Ele também nos deu a bela notícia que a temperatura externa era de uns -5 graus e nos aconselhou ficar no ônibus até amanhecer e esquentar um pouco mais. Mas quando olhava para fora do ônibus víamos centenas que passavam por nós à pé em direção ao centro da cidade. O missionário Gabriel se animou em pregar a Palavra ao povo. Saímos do ônibus e fizemos de uma pilha de tijolos nosso púlpito. Estava tão frio que não queríamos encostar no megafone, pois parecia uma pedra de gelo. E ali ficamos até o sol sair com mais forço. O trabalho foi uma benção.

Depois tivemos que caminhar juntamento com o povo em direção ao centro da cidade. Andamos, aproximadamente, dez quilômetros com as literaturas, mochilas e megafones. Por estar a cidade de Cochabamba aos 2500 metros acima do nível do mar levemente sentimos a altura e uma dor constante na cabeça que começou bem leve e foi agravando. Louvo a Deus por estar ao lado de verdadeiros guerreiros, pois se estivéssemos com gente centrada em passar bem com certeza as palavras de murmuração fluiriam ali mesmo.

Abaixo vou deixar o vídeo da viagem, mesmo que não mostramos no vídeo a paralisação ( vídeo editado em 2010)

CAPA DO VÍDEO: Esquerda para direira – Eu, Miguel, David e missionário Gabriel Janeir

Tenho editado pelo menos mais dois vídeos mostrando um pouco do trabalho que fazemos, assim como as paralisações que enfrentamos.

VIDEO – Bloqueio dos mineiros

 

Neste vídeo tínhamos como missão levar materiais aos evangelistas que estão trabalhando na cidade de La Paz e, inesperadamente, nos deparamos com mais um bloqueio. Muito frio, tivemos que andar muito, mas já com a experiência de levar o mínimo de bagagem.

VIDEO – Em plena missão

Recebemos a visita dos irmãos da agencia missionária Jerusalém os quais me acompanharam em uma viagem a Cochabamba, La Paz, Oruro e era nosso alvo Potosí, mas não foi possível também por bloqueio na região de Potosí. Mas chegando em Cochabamba nos deparamos com mais um bloqueio que nos obrigou andar bastante pela periferia da cidade até passarmos os bloqueio e conseguirmos chegar ao terminal de ônibus

MAS, POR QUE TENHO QUE SABER TUDO ISSO?

Eu gosto de escrever, editar vídeos, falar sobre essas “missões com adrenalina”, se assim podemos chamar, pois tenho visto a muitos que querem vir ao campo missionário, ou até mesmo os que querem fazer missões de forma temporária, mas exclui determinantemente as situações de adversidades. E eu quero dizer com todas as letras que elas existem e não são nem engraçadas, mesmo que você depois me encontre contando rindo, e nem são emocionantes; ao menos eu não vejo emoção em nada disso.

Pastor Peniel e Mina na Base de Apoio em Santa Cruz de la Sierra, Bolívia

Mas Deus nos dá graça para cumprirmos a missão. E em certa ocasião alguém me perguntou o quê fazer diante das situações difíceis? Bem, não tratamos aqui de super-homens e sei que o SENHOR conhece nosso limite. Mas meditante o desenvolvimento do trabalho para o qual fomos chamados pelo SENHOR Jesus colocamos os olhos no cumprimento do alvo, no finalizar a missão. O SENHOR nos enviou, ELE está conosco, existe recompensa e, sobre tudo, o obedecer as ordens do Mestre é o alvo final do qual não podemos retirar nossos olhos. Tirar os olhos da Palavra que nos foi dada ( que é Jesus Cristo) e olhar o vento, as ondas, a tempestade é ser submergido pelas circunstancias adversas.

“Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti.” (Isaías 26:3)

Peniel Nogueira Dourado

Inscreva-se em nosso canal no Youtube – CLIQUE AQUI

 

Categorias: Diario Missionário | Tags: , , , | Deixe um comentário

MISSÕES – Pregando nas ruas

Pregando sobre latão de lixo na cidade de Cochabamba

Pregando sobre latão de lixo na cidade de Cochabamba

Acredito que você, assim como eu, está bem familiarizado com as pregações nas igrejas e os pregadores nos púlpitos das igrejas. Mas a pregação nas ruas, assim como seus pregadores, em nada assemelham-se com os tradicionais púlpitos congregacionais que conhecemos. Desde quando chegamos em Bolívia temos trabalhado nas ruas e com os obreiros que realizam atividades evangelísticas nas ruas de Bolívia e de forma interdenominacional. Antes trabalhei em feiras e mercados, pregando nas praças, mas nesses últimos anos temos trabalhado de forma mais intensa nas ruas e com os evangelistas que quase todos os dias estão pregando a Palavra de Deus ruas.

Eu tenho aprendido e continuo aprendendo, pois na rua o nosso púlpito, ou melhor, o local de pregação, tudo é bem diferente. Pregando a Palavra de Deus nas ruas você não tem um público que tem tempo para você, mas estão te escutando. Mas vale frases curtas, objetivas e simplificadas que os sermões bem elaborados. Em geral você não prega apenas meia hora ou quarenta minutos como em uma igreja, mas um pregador de rua muitas vezes chega a pregar de duas a três horas de forma contínua. Quanto a este tema cada evangelista tem sua forma própria de levar a Palavra ao povo.  Uns colocam músicas, outros não. Alguns além de pregar também colocam a Bíblia em áudio. Eu pelo menos nunca trabalhei assim. O certo é que a Palavra chegue ao povo. Neste ponto todos estão em comum acordo.

O povo não se importa com sua roupa, seu sapato, se você está com um elegante traje social, ou a cor da sua gravata. Seu timbre de voz ou sua retórica não são importante para o povo, pois o foco maior está no que você diz. Nas ruas ninguém pede sua credencial, pergunta se você é diácono, presbítero, pastor ou bispo. Eles nem mesmo sabem o que é tudo isso. Nem vão te perguntar que igreja você é membro, pois o povo só faz diferenciação de católicos e protestantes; aliás, só quem me pergunta por igreja são os crentes ou os desviados. Em síntese, amado irmão, a pregação de rua é bem diferente do que encontramos nas igrejas.

Há muitos que gostam de aplausos e reconhecimento. Com certeza esses não acham nenhum sentido realizar o trabalho entre o povo, nas feiras e mercados. Lá no meio do povão, como falamos,  não há aplausos e nem aquele brado de glória impulsionado pela intensidade da voz do pregador (não criticando). Agora, encontramos algo muito interessante e eu gosto muito disso: O pecador, tocado pela Palavra, muitas vezes apenas se aproxima com um olhar de quem foi impactado com a mensagem. Isso é muito genuíno, muito natural. Muitos aproximam-se com um olhar de agonia, outras vezes de espanto promovido pelo operar do Espírito através da exposição da Palavra. Outros estão profundamente tocado pelo Espírito e por tamanha alegria nos traz qualquer coisa: Comida, suco, água, refrigerantes e até roupas já recebemos durante o evangelismo. E, amados, eu falo aqui de pessoas não convertidas. E com certeza muitos tem xingam, mandam calar a boca e muitas vezes se aproximam afrontando.

Irmão Nigel Mercado pregando nas ruas de Bolívia

Irmão Nigel Mercado pregando nas ruas de Bolívia

A exposição da Palavra de Deus gera fé. A Palavra de Deus diz: “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir a palavra de Deus” (Romanos 10:17). Enquanto pregamos em muitas ocasiões o Espírito de Deus nos tem levado a anunciar a cura divina. Temos visto o operar de Deus de forma surpreendente ao chegar em um povoado pregando a Palavra, assim como o mesmo Deus operou por mãos de Felipe em Samaria. A Palavra diz: “E, descendo Filipe à cidade de Samaria lhes pregava a Cristo. E as multidões unanimemente prestavam atenção ao que Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais que ele fazia; Pois que os espíritos imundos saíam de muitos que os tinham, clamando em alta voz; e muitos paralíticos e coxos eram curados. E havia grande alegria naquela cidade” (Atos 8:5-8). Nosso Deus é o mesmo Deus de Felipe. Em muitas ocasiões não conseguíamos continuar a pregação, pois juntava tanta gente ao nosso redor para orarmos por elas; e nós oramos, repreendemos as enfermidades e o SENHOR tem curado. Muitos posteriormente nos envia uma mensagem no celular ou nos liga para dizer que foram curados. Louvamos a Deus por tudo isso. E em certa ocasião, na praça Arenales de Santa Cruz de la Sierra, pregávamos com um grupo de missionários de várias igrejas  e se aproximou um jovem. Ele pediu oração pelo pai que estava saindo do hospital com câncer em estado terminal. Nós nos juntamos e oramos por ele. Alguns dias depois o mesmo jovem nos ligou dizendo que fizeram vários outros exames e os médicos não encontraram mais o câncer. Glória a Deus!! Mas, isso acontece sempre, pastor? Você me perguntar. Querido irmão, é claro que não.  Nem muito menos nós saímos às ruas como curandeiros ambulantes. Saímos às ruas para pregar o Evangelho e Deus é quem faz como e quando ELE quer.

E falando sobre este assunto, lembro de um pastor que insistiu que deveríamos ter como resultado cura divina e salvação de almas. Eu não discuti com ele, mas sinceramente orei ao SENHOR sobre o assunto. Dias depois fui despertado ao amanhecer com uma forte voz dentro do meu quarto a qual repetiu três vezes, dizendo: “O MAIOR RESULTADO QUE VOCÊ PODE TER É O EVANGELHO NO CORAÇÃO DO PECADOR“. Glória a Deus! Eu pulei da cama escutando a Voz e olhava para minha esposa para ver se ele também acordaria, pois era muito forte e três vezes repetiu a mesma frase. Deus tem sua resposta. O meu trabalho é pregar o Evangelho e o trabalho do Espírito de Deus é convencer o pecador.

Irmão Nigel Mercado pregando nas ruas de La Paz, Bolívia

Irmão Nigel Mercado pregando nas ruas de La Paz, Bolívia

O irmão Nigel Mercado, um jovem de 24 anos (aprox), estava pregando a Palavra de Deus na região central de Cochabamba. As ruas apertadas e muita gente transitando; ele buscou um local mais alto para pregar. Bem à frente havia um latão de lixo e Nigel usou como púlpito para anunciar Cristo ao povo. O nosso amado irmão evangelista começou a dizer que Jesus é o salvador e se alguém crer em Cristo Jesus poderia ser curado ali mesmo pelo poder do Espírito de Deus. Alguns policiais vieram e ordenaram Nigel a sair do local, mas na mesma hora um homem veio gritando dizendo que Jesus Cristo havia curado, pois havia anos que não podia mover o braço e nem mesmo levantar e agora movia normalmente. O homem gritava e louvava ao SENHOR Jesus diante de todos.

Amados, testemunhos assim estamos constantemente ouvindo por parte desses guerreiros de Cristo quando vêm a nossa Base de Apoio buscar material. Como eu já disse, são pregadores do evangelho que não estão buscando oferta, aplausos ou fama. Nas ruas você pode receber um copo de suco como expressão de gratidão, assim como uma chuva de verduras podres. Na região do Abasto, em Santa Cruz de la Sierra, eu pregava com meu megafone e não observei que chovia verduras podres sobre mim. Minha sorte é que não acertaram nenhuma e só fui observar quando outro evangelista que estava comigo me disse: “Pastor Peniel, hoje o povo te recebeu com flores!” E quando olhei ao meu redor havia tomate podre, batata, cebola…. dava até para fazer uma boa sopa.

Irmã Gladys em um povoado de Cochabamba, Bolívia

Irmã Gladys em um povoado de Cochabamba, Bolívia

Na cidade de Cochabamba uma jovem pregava nas ruas a Palavra de Deus. Irmã Gladys ( 23 anos), como é o seu nome, enquanto pregava a Palavra de Deus na região central de Cochabamba sentiu alguém abrindo sua mochila. Um rapaz acostumado a roubar tentava tirar seus pertences. Irmã Gladys repreendeu em Nome do SENHOR e continuou a pregar a Palavra de Deus. O jovem foi impactado. Começou a chorar sem parar. Depois o mesmo jovem que antes tentava roubar trouxe um suco para a jovem pregadora da Palavra de Deus. Outros jovens, possíveis ladrões, também juntaram-se para escutar a Palavra de Deus e todos estavam profundamente movidos pelo poder do Espírito de Deus. Era o Espírito de Deus quebrantando corações endurecidos pelo pecado. Homens entregados ao roubo, às drogas, a prostituição agora choram quebrantados ouvindo a mensagem do evangelho que sai da boca de uma jovem disposta ir  às ruas sob o mover do Espírito de Deus à pregar a Palavra de salvação. Até hoje nosso projeto, faz o apoio com materiais impresso ao trabalho que a irmã Gladys realiza nas ruas. Sempre que os materiais são solicitados nós colocamos a disposição dessa jovem guerreira. Você acha que Gladys tem como alvo pregar em grandes templos? Ou que se preocupa com sua roupa, seu sapato para a próxima conferencia ou reunião

Irmã Gladys em nossa Base de Apoio recebendo materiais para o evangelismo

Irmã Gladys em nossa Base de Apoio recebendo materiais para o evangelismo

de mulheres? Quando tenho oportunidade de falar pessoalmente com nossa irmã Gladys eu pergunto: “Irmã, onde a irmã estará trabalhando neste mês?” A irmã Gladys sempre me responde:” Pastor, quero ir para onde o Espírito de Deus me levar”. Uau!!!

Infelizmente é feito certo show com pessoas possuídas por demônios. Realizar esses shows nas ruas com certeza será algo complicado. Você não tem um público de maioria consciente da situação. Mas com certeza é quase que inevitável ter situações assim nas ruas. Em uma determinada praça da região central de Santa Cruz de la Sierra começamos a pregar e fazer a distribuição da Palavra de Deus escrita. Eu observei que alguns jovens faziam a distribuição de folhetos com temas anti-cristãos. Os folhetos supostamente davam prova da falta de veracidade da Palavra de Deus, que havia muitos erros e etc. Bem, nós não nos importamos e continuamos a pregar. Um dos jovens fica possesso e vem gritando em nossa direção. Eu pensei que ele queria atacar o irmão que estava no megafone; e na realidade acredito que essa era a intensão. Mas ao aproximar gritando o jovem desviou e saiu gritando e desapareceu no meio do povo. Por duas situações endemoninhados vieram ao meu encontro com facões e facas. O homem que veio com um facão me ameaçou e movimentava o facão dizendo que arrancaria minha cabeça. No final ele baixou o facão e foi embora. O outro veio com a faca e quando chegou menos de dois metros o SENHOR nos deu tamanha autoridade para repreender. Eu ordenei em Nome de Jesus que me desse a faca e ele me entregou. Eu e o irmão Joel Apodaca repreendemos o demônio daquele homem e o SENHOR o libertou. ( CLIQUE AQUI para ler o testemunho completo)

Com certeza não tem nada de show nessas situações. Não há plateia te olhando, nada disso. Nesses momentos só está você e Deus para te ajudar. E para terminar conto o que aconteceu com o missionário Gabriel Janeir quando pregava com o jovem Bruno Miranda na cidade de Pedro Juan Caballero, fronteira entre Brasil e Paraguai. Gabriel pregava com o megafone e o jovem Bruno fazia a distribuição da Palavra de Deus escrita. De repente um homem aproxima-se com um pau. O missionário Gabriel continua pregando e quando o homem chega bem perto Gabriel se vira e repreende os demônios que estavam naquele homem. O possesso dá um pulo para trás e cai no chão contorcendo-se. Aquele homem dias atrás gritava para o missionário Gabriel não pregar mais e o ameaçou. E com certeza ao ver o missionário pregando novamente os demônios o impulsionou a agredir o missionário.

Pregadores de rua de Bolívia

Pregadores de rua de Bolívia

Bem, essas são algumas experiências que nós temos passado nas ruas, assim como de companheiros que conhecemos de muito perto. Poderia continuar contando muitos outros testemunhos e creio que em uma outra oportunidade poderei fazer. Mas, quero expressar o mais importante: As vidas estão tendo acesso a Palavra de Deus. A realidade de Bolívia é diferente do nosso Brasil, pois no Brasil há muitas igrejas em cada bairro. Aqui na Bolívia, assim como Peru, Equador, norte chileno e norte argentino, esta não é a realidade. Não há muitas igrejas e as igrejas existentes estão cada dia mais centrando suas atividades dentro das quatro paredes. Outras eliminam por completo as atividades externas e, assim, o povo fica sem a oportunidade do encontro com a Palavra. Cada evangelista nas ruas pregando com um megafone ou uma caixa de som, fazendo a distribuição da Palavra de Deus escrita dá oportunidade a milhares de vidas de ao menos ter o encontro com a Palavra de Deus e, assim, poder ter a oportunidade de salvação. Este é o maior resultado que temos!

Pastor Peniel Dourado

Pastor Peniel Dourado

Minha oração é que o SENHOR levante muitos outros pregadores da Palavra não apenas aqui em Bolívia, mas em todos os lugares. Que o SENHOR levante Homens e mulheres que amem as almas e compreendam que só existe uma mensagem que pode conduzir o pecador à salvação; e esta mensagem é o Evangelho de Salvação.

Que o SENHOR multiplique seus guerreiros!

Pastor Peniel Nogueira Dourado

.

.

.

.

.

VÍDEOS COM ALGUMAS IMAGENS DO TRABALHO QUE REALIZAMOS NAS RUAS

1 – ) Com minha famíla pregando a Palavra de Deus

 

Acredito ser de suma importância que o missionário, o evangelista envolva sua família nas atividades evangelística. Os filhos devem crescer na maravilhoso ambiente de evangelismo, entre os evangelistas, amando a Obra do SENHOR. Agradeço a Deus pela esposa que tenho que muito me ajuda na Obra missionária.

.

2 – ) Trabalho realizado em um mercado de Santa Cruz chamado Nueva Feria.

Aqui mostramos um pouco de nossa rotina de trabalho. A ordem tem sido e continua sendo a mesma: A PALAVRA DEVE CHEGAR AO PECADOR!!

 

Categorias: Diario Missionário, Testemunhos | Tags: , , , , | 1 Comentário

Fazendo presente a Palavra – Sábado, 12 de Março de 2016

Peniel e Deborah

Pastor Peniel e Deborah Yuiko

Eu havia passado várias vezes por duas praças da cidade de Santa Cruz de la Sierra; a praça Oruro e a praça de Fátima. As duas praças tem algo em comum. Pessoas das províncias (municípios) estão sentadas esperando o momento da saída de suas conduções para voltar às suas casas.

Na foto eu estou com minha filha Deborah no momento de saída de nossa casa, mas minha esposa Mina e meus filhos não puderam ir ao trabalho. Estive na companhia do nosso amado irmão Henry Torres. Foi uma bênção fazer o trabalho com esse homem de Deus.

Chegamos na praça Oruro e eu comecei a pregação. Henry fazia a distribuição do livreto Socorro do Alto da gráfica missionária World Missionary Press. Logo observei famílias que faziam a leitura do livreto e escutava a pregação da Palavra de Deus. Fico pensando quando foi a última vez que tiveram oportunidade de ouvir falar de Jesus, da mensagem de Salvação? Muitos vivem em povoados afastados da cidade e vêm não com muita frequência para comprar algum produto na cidade e voltam à rotina.

Depois da praça Oruro nós fomos à praça de Fátima. Havia muita gente sentada e muitos vendedores. Homens, mulheres, crianças, todos sentados buscando o abrigo das sombras das árvores. Mas nós ficamos bem no meio da avenida onde tínhamos maior alcance. Desta vez Hery ficou com o megafone e eu fui fazer a distribuição do livreto Socorro do Alto.

Uma senhora vendia roupa na calçada e recebeu um livreto. Eu vi como escutava a música do megafone com atenção. Depois começou a ler o livreto. O irmão Henry começa a pregar e ela observa com atenção. Na hora da música ela baixava sua cabeça e lia a Palavra de Deus escrita. Aleluia! Amados, estou descrevendo um caso, mas dezenas de vidas preciosas faziam o mesmo naquela praça. Nós tínhamos um verdadeiro estudo bíblico ao ar livre.

Eu estava do outro lado da rua e vi uma garotinha que saiu de perto de sua mãe e foi onde Henry estava pregando. Ela ficou em pé esperando a atenção dele, mas Henry estava tão empolgado pregando que não observou a presença dela. Eu atravessei a rua e quando me aproximei a garota disse: “Você poderia me dar um livrinho?” Eu dei um livrinho contendo versículos bíblicos e ela voltou para perto da mãe.

Amados, eu poderia continuar escrevendo, descrevendo cada momento precioso que o SENHOR Jesus nos tem dado. Mas concluo dizendo que muitas vezes queremos fazer algo para o SENHOR, mas não produzimos porque nosso coração está carregado de vaidade, egoísmo, orgulho. As vidas estão lá fora sentadas em uma praça, no hospital, no presídio. Saiba que sempre existe resultado quando a Palavra de Deus chega ao pecador, pois o maior resultado é o Evangelho no coração do pecador.

Categorias: Diario Missionário | Tags: , , , , , , , , | 3 Comentários

TODO AQUELE QUE INVOCAR

O livreto A Vida Maravilhosa de Jesus Cristo

O livreto A Vida Maravilhosa de Jesus Cristo

Eu estava fazendo a distribuição do livreto A Maravilhosa Vida de Jesus em um mercado de Santa Cruz de la Sierra – Bolívia. Por não haver muito movimento os vendedores recebiam o livreto e começavam a ler. Eu lembrei de Romanos 10:13 – “Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo“. E para que possam invocar o Nome do SENHOR Jesus eles precisam conhecer o nome do SENHOR Jesus. Naquele momento, olhando para trás, dezenas de pessoas liam este pequeno livreto de 48 páginas repleto de versículos que falam de Jesus Cristo. O meu Salvador estava chegando àquelas pessoas.

Estamos saindo quase que diariamente às feiras e mercados. Todos os dias temos a oportunidade de ver o agir de Deus quando a mensagem do Evangelho chega ao povo. E quando o Evangelho chega, chega com poder! A Palavra de Deus trás transformação, restauração, nova vida, salvação. Mas o pecador só pode gozar de tamanha benção se a Palavra de Deus chegar até eles.

Feira em Santa Cruz de la Sierra  -  Bolívia

Feira em Santa Cruz de la Sierra – Bolívia

Entrei em uma rua onde é vendido artigos para feitiçaria. Ervas, velas, fetos de ovelhas e illamas pendurados, incensos e muitos outros artigos usados por feiticeiros locais estavam expostos. Na calçadas, dos dois lados da rua, bruxos, feiticeiros, chamanes estavam acomodados oferecendo seus serviços. Eu me aproximei e comecei a entregar o livreto. Todos receberam e alguns perguntavam do que se tratava. Eu expliquei que era um livreto com versículos bíblicos falando sobre Cristo Jesus. Não havia retaliação, mas agradeciam pelo presente. Lembrei que um irmão me disse que muitos dos que praticam a cura e adivinhação aqui em Bolívia acreditam que têm um dom de Deus para beneficiar o povo. Eles invocam demônios enganados acreditando ser espíritos vindos de Deus. E eu creio que Jesus Cristo pode iluminar o coração dessa gente libertando do poder das trevas. E por isso seguimos semeando a Palavra no coração desse povo.

Quando cheguei no final da rua eu olhei para atrás. Imaginei os livretos no chão ou dentro do latão de lixo, mas não. Feiticeiros, assim como os que estavam sentados esperando serem atendidos pelos bruxos estavam lendo a Palavra de Deus. O Espírito de Deus bradava em meu coração: “Peniel, a Palavra está chegando! A Palavra está chegando! Minha Palavra deve chegar a todos!!”

Carreteiro das feiras em Santa Cruz de la Sierra

Carreteiro das feiras em Santa Cruz de la Sierra

Continuei minha caminhada pela feira. Entreguei a Palavra para alguns homens que trabalham carregando as mercadorias. Geralmente são pessoas bem pobres e muitos são de idade avançada. Esses homens trabalham para sobreviver até onde a força lhes permite, pois o governo paga Bs 200 ( U$28 dólares) por mês aos cadastrados e que os que têm mais de 60 anos. Parei em uma esquina e fiquei observando um carreteiro ler o livreto. Eu já havia dado para vários carreteiros os quais recebiam contentes e continuavam em seu trabalho. Mas outros, como este homem, parava para ler. Eu fiquei me perguntando o quanto me custaria levar aquele homem para um estudo bíblico em nossa Base de Apoio, ou uma igreja onde ensinaríamos sobre Cristo Jesus. Talvez eu teria muita dificuldade ou nunca conseguiria, mas ali mesmo, naquela rua, naquela feira, sentado sobre o seu carro de trabalho, o estudo bíblico estava sendo dado aquele homem. Sim, ele parou sua atividade para ler o nosso livrinho de 48 página falando sobre Cristo Jesus. Ali a Igreja de Jesus Cristo, invisível, estava em plena ação. Aquele homem recebia a Palavra e certamente o Espírito Santo estará operando, pois a Palavra é a matéria prima do agir de Deus na vida do pecador. Você pode ver tudo isso? Bem, Deus estava me mostrando tudo isso.

feiras em Bolívia

feiras em Bolívia

Entrei pelos pequenos espaços que as centenas de barracas nos davam para andar. Parecia um labirinto, ou caminho de ratos. Mas ali estão as vidas, almas preciosas pelas quais Jesus Cristo morreu e que necessitam receber a mensagem do Evangelho. Como vão clamar pelo Nome de Jesus? O maior resultado que a Igreja de Cristo pode ter é  dar oportunidade ao pecador de salvação. Uma vez chegando a Palavra ao pecador o Espírito fará sua parte que corresponde a ELE mesmo de convencer. Pois é o Espírito de Deus que convence!

Eu comecei a fazer a distribuição e como nas outras regiões do mercado os vendedores começavam a ler. Eu estava sozinho fazendo a distribuição e priorizava os compradores, pois tenho a oportunidade única de alcançar essa gente. Mas olhando para os vendedores observava olhares ansiosos por receber um dos livretos. Eu entreguei a uma moça e me distanciei distribuindo a outros vendedores. Ela veio correndo e quase que implorando pedia outros livretos para levar aos familiares. Glória a Deus! Alcancei uma jovem e naquele mesmo instante aquela jovem vendedora passou a ser também uma evangelista. E situações assim temos visto muitas vezes.

Pastor Peniel e os materiais da W. M. Press

Pastor Peniel e os materiais da W. M. Press

Eu poderia continuar escrevendo e relatando cada momento precioso que o SENHOR nos dá nos evangelismo. Eu tive a oportunidade de tirar algumas fotos e as comparto com vocês, mas com certeza muitos outros momentos abençoados o Senhor Jesus nos tem dado e tudo está diante do Trono de Deus. E vamos continuar neste objetivo semeando a Palavra e voltando para casa com o coração cheio de alegria por ver mais uma vez o operar de Deus.

Abaixo deixo um vídeo editado no ano passado (2014) onde levamos este mesmo livreto à cidade de San Julian a duas horas daqui de Santa Cruz de la Sierra. Este trabalho temos feito e se o SENHOR Jesus nos permitir continuaremos fazendo, inundando esta nação com a Palavra de Deus.

Ore por nós

Pastor Peniel Nogueira Dourado

Obs.: Não esqueça de deixar sua mensagem neste post. Obrigado.

CLIQUE AQUI e leia o livreto em portugues

 

Categorias: Diario Missionário | Tags: , , , , | 1 Comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: